Notícias

Ateliê Editorial e Edições Sesc lançam ‘História do Livro e da Edição – Produção & Circulação, Formas & Mutações’, de Yann Sordet

A Ateliê Editorial em coedição com Edições Sesc publicam a obra História do Livro e da Edição – Produção & Circulação, Formas & Mutações, do bibliotecário e historiador francês Yann Sordet, cuja tradução é de Antonio de Padua Danesi. Dividido em sete partes, o volume aborda a evolução do livro por mais de três milênios, passando por diversas épocas importantes do mundo, como Renascimento, Idade Medieval, pré e pós Gutenberg, Humanismo, Revolução Francesa, entre outros.


Sordet, em um estudo complexo e admirável, também aponta os mecanismos e estruturas do livro através dos séculos, exemplos nos capítulos: O papel; A fábrica do manuscrito medieval; A técnica tipográfica; Limitações e oportunidades: a geografia do impresso; O livro e os poderes constituídos: da regulamentação ao enquadramento; Informação e comunicação impressa: a invenção da mídia; Tensões econômicas e inovações técnicas; e Uma nova estética do livro. A obra, que faz parte da Coleção Artes do Livro, vem com ilustrações e conta com o projeto gráfico de Gustavo Piqueira, da Casa Rex.


A edição da Ateliê Editorial e Edições Sesc traz o prefácio Uma História do Livro à Moda Francesa, da professora e pesquisadora Marisa Midori Deaecto, e o posfácio do historiador cultural e bibliotecário estadunidense Robert Darnton, que escreveu: “Este livro se lê de duas maneiras: de ponta a ponta, ao longo de uma narração que retraça a evolução do livro através de três milênios, e como manual em que o especialista ou o simples curioso pode se abeberar, informando-se sobre assuntos precisos a partir de um sumário bem detalhado ou do índice remissivo”.


Yann Sordet nasceu em 1971, é bibliotecário e historiador do livro francês. Diplomou-se em arquivística e paleografia na prestigiosa École Nationale des Chartes-Paris, em 1997, com uma tese consagrada à história das práticas de bibliofilia no Século das Luzes. Foi diretor do Departamento de Obras Raras da Bibliothèque Sainte–Geneviève, de 2003 a 2010, e, atualmente, dirige a Biblioteca do Institut de France e a Biblioteca Mazarine, a mais antiga instituição de leitura pública francesa. É editor-chefe de Histoire et Civilisation du Livre-Revue Internationale. No Brasil, publicou Da Argila à Nuvem – Uma História dos Catálogos de Livros (II Milênio a.C.-Século XXI), segundo volume da Coleção Bibliofilia, uma parceria de coedição entre Ateliê Editorial e Edições Sesc São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *