Notícias

Ateliê Editorial publica ‘A Bíblia do Proletariado – Tradutores e Editores de O Capital no Mundo Hispanofalante’, de Horacio Tarcus, que faz parte da coleção 100 Anos de Revolução Russa

Ateliê Editorial dá continuidade na Coleção 100 Anos de Revolução Russa com a publicação da obra A Bíblia do Proletariado – Tradutores e Editores de O Capital no Mundo Hispanofalante, do historiador argentino Horacio Tarcus. A obra está em promoção no site da editora: De: R$64,00 – Por: R$44,80. Para comprar, acesse aqui. o livro conta com um prefácio de Lincoln Secco, capa de Gustavo Piqueira / Casa Rex, e tradução de  Luccas Eduardo Maldonado.

Dividido em cinco capítulos, A Bíblia do Proletariado aborda a linha do tempo das primeiras traduções de O Capital para o espanhol, assim como o alcance das cópias para os leitores latinos. Tarcus também analisa e aprofunda em torno da presença de O Capital no mundo hispano-americano.

Para o jornalista e historiador Dainis Karepovs: “A Ateliê Editorial dá uma importante contribuição ao público brasileiro com a edição de A Bíblia do Proletariado, do refinado historiador portenho Horácio Tarcus”. Discorreu: “Este professor e pesquisador, com uma longa e prolífica atuação na pesquisa da história intelectual do socialismo e do marxismo, particularmente no que se refere às articulações entre as ideias das esquerdas europeia e latino-americana, também foi um dos artífices da constituição de um dos mais importantes arquivos e centros de pesquisa da história da esquerda latino-americana, o Centro de Documentación e Investigación de la Cultura de Izquierdas (CeDInCI)”. Concluiu: “A Bíblia do Proletariado é um eloquente testemunho desta instigante trajetória”.

Horacio Tarcus nasceu em Buenos Aires em 1955. Graduou-se em história pela Universidade de Buenos Aires em 1996. Defendeu sua tese doutoral em 2003 pela Universidade Nacional de La Plata. O trabalho foi publicado em 2016 com o título El Socialismo Romántico en el Río de la Plata. Destacam-se, entre as suas diversas publicações, Diccionario Biográfico de la Izquierda Argentina e Marx en la Argentina. Foi um dos fundadores e é o atual diretor do Centro de Documentación e Investigación de la Cultura de Izquierdas (CeDInCI). Criado em 1997, o CeDInCI é uma associação civil que, ligada à Universidade Nacional de San Martín, tem como vocação a reunião, preservação, catalogação e divulgação da cultura de esquerda latino-americana. Também é um dos editores da revista Políticas de la Memoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *