Notícias

Casa Guilherme de Almeida realiza o lançamento das obras ‘Édipo Rei’ e ‘Antígona’, e palestra com o tradutor Jaa Torrano

A Casa Guilherme de Almeida realiza o lançamento das obras, da Coleção Clássicos Comentados, Édipo Rei e Antígona, peças teatrais de Sófocles, nesta sexta-feira, 16 de dezembro, a partir das 18h. O evento contará com sessão de autógrafos com o tradutor e estudioso dos textos das peças do dramaturgo grego, Jaa Torrano, que também realizará uma palestra sobre o tema. Estarão presentes no encontro Beatriz de Paoli – que faz parte das obras com os seus estudos em torno dos textos gregos de Sófocles -, Adriane Duarte (FFLCH), Marcelo Azevedo – editor da Mnema – e Plínio Martins Filho – editor da Ateliê Editorial. A palestra terá transmissão ao vivo pelo canal do Youtube da Casa Guilherme de Almeida (link abaixo). A instituição fica localizada na rua Cardoso de Almeida, 1943, bairro do Sumaré, São Paulo-SP.

Ateliê Editorial, em parceria com a editora Mnema, dão início ao projeto de publicação primorosa das tragédias completas de Sófocles, em sete volumes, E oferece ao público leitor, em edição bilíngue, as clássicas obras do dramaturgo grego na tradução poética de Jaa Torrano. São notáveis a musicalidade e o jogo de imagens que a tradução preserva ao transpor para o português as virtudes estilísticas do texto grego. Acompanham a tradução os esclarecedores estudos de Jaa Torrano e de Beatriz de Paoli, além de um oportuno glossário de teônimos, antropônimos e topônimos.

Além de Édipo Rei e Antígona, as duas editoras já lançaram para a Coleção Clássicos Comentados, as também obras de Sófocles: Ájax e Antígona. (Confira aqui).

Jaa Torrano e Beatriz de Paoli em sessão de autógrafos das obras ÀJAX e ANTÍGONA, na Livraria Mandarina

Sófocles (Atenas, 496 a.C. – Atenas, 406 a.C.) é considerado um dos grandes representantes do teatro grego antigo e presenciou o período de maior desenvolvimento cultural de Atenas. Viveu sempre nesta cidade-estado e lá morreu, nonagenário, por volta de 406/405 a.C. É o segundo dos três poetas trágicos canônicos, pois suas obras são posteriores às de Ésquilo e anteriores às de Eurípedes. Foi ainda em vida o mais bem-sucedido autor de tragédias do século V a.C. e os testemunhos antigos atribuem ao autor cerca de 120 tragédias e dramas satíricos, dos quais somente sete tragédias chegaram até nós na íntegra.

Jaa Torrano

José Antonio Alves Torrano (Jaa Torrano) fez a graduação (1971-74) em Letras Clássicas (Português Latim e Grego) na Universidade de São Paulo, onde começou a lecionar Língua e Literatura Grega como auxiliar de ensino na Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas em 1975. No Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade São Paulo defendeu o mestrado em 1980 com a dissertação “O Mundo como Função de Musas”, o doutorado em 1987 com a tese “O Sentido de Zeus: o Mito do Mundo e o Modo Mítico de Ser no Mundo”, a livre-docência em 2001 com a tese “A Dialética Trágica na Oresteia de Ésquilo” e desde 2006 é professor titular de língua e  literatura grega.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *