Notícias

Leia trechos da obra ‘Engenharia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável’, lançamento da Ateliê Editorial

Ateliê Editorial publica a obra Engenharia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável, organizada por José Roberto Castilho Piqueira e Laurindo de Salles Leal Filho. O livro já está à venda no site (Clique aqui). Projeto gráfico de Negrito Produção Editorial e capa da Casa Rex, por Gustavo Piqueira.

Ao longo do ano de 2021, dentro da comemoração dos trinta anos de existência da Academia Nacional de Engenharia, seu Comitê de inovação promoveu uma série de debates e seminários que tiveram como ponto central a temática da Engenharia, Inovação e o Desenvolvimento Sustentável, tendo como fio condutor as oportunidades e desafios postos pelo século XXI.

O desenvolvimento sustentável da indústria brasileira transcende os limites da Engenharia e da Inovação, concluímos este livro com duas contribuições oriundas da Economia Política. O livro se encerra com a convicção que uma indústria inovadora, competitiva e plenamente inserida no zeitgeist do século XXI demanda de um perfil de liderança comprometido com o futuro do planeta e o bem-estar coletivo.

LEIA TRECHOS DA OBRA:

Vários indicadores vêm mostrando que o desenvolvimento socioeconômico em diferentes países tem direta relação com o crescimento do PIB per capita usufruído pela população desses países. Por sua vez, a evolução deste indicador está diretamente associada ao desenvolvimento industrial.

No início deste século, notáveis avanços na capacidade de processamento e armazenamento de dados aliados à consolidação da internet como provedora de informação e comunicação permitiram que a digitalização e tecnologia da informação permeassem todas as atividades econômicas, sociais e culturais da nossa sociedade em escala sem par na história humana, dando início o que chamou de indústria 4.0, Quarta Revolução Industrial ou Transformação Digital, que se dissemina por todos os setores produtivos.

Ao lado do Canadá, Estados Unidos e Austrália, o Brasil se encontra no rol dos países com maior potencial mineral do mundo, graças à magnitude do seu território, associada a uma notável diversidade de ambientes geológicos. O setor contribui muito para as exportações e o saldo comercial.

Neil Armstrong (1930-2012), primeiro homem a pisar na Lua, em palestra realizada na Academia Nacional de Engenharia dos Estados Unidos, em 22 de fevereiro de 2000, apresentou vinte itens, considerados por ele, as grandes conquistas da engenharia do século XX. No que tange à área de saúde, sete deles se destacam e são abordados nesta seção: 1. síntese de materiais de alto desempenho; 2. tecnologia nuclear; 3. lasers e fibras óticas; 4. tecnologias biomédicas; 5. processamento e análise de imagens; 6. eletrodomésticos, ar-condicionado, refrigeração, rádio e TV; 7. internet.

Enquanto as transformações observadas nos séculos XIX e XX revolucionaram a indústria por meio de mecanização e digitalização, avanços relacionados à capacidade de processamento computacional, internet e inteligência artificial geraram um nível elevado de abstração das máquinas, isso permitiu substituir processos cada vez mais complexos, tais como a interpretação do comportamento humano e as tomadas de decisão.

Ainda há muito que fazer para a Agricultura Tropical se tornar um modelo que, além de dinâmico, seja inclusivo e respeite os limites dos recursos naturais. É importante direcionar ações para a recuperação de recursos naturais, a preservação e a utilização sustentável da riqueza ambiental do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *