Notícias

Leopoldo M. Benucci realiza a palestra ‘A Atualidade do Pensamento de Euclides da Cunha’, no Museu da Justiça (RJ) – haverá transmissão on-line

Euclides da Cunha

Em sua 14ª Edição, em formato virtual, intitulada A Atualidade do Pensamento de Euclides da Cunha, o Humanitas contará com a presença do professor e ensaísta Leopoldo M. Bernucci, em celebração ao aniversário da primeira edição do marco literário indispensável à compreensão dos dilemas brasileiros. O convidado é euclidianista reconhecido internacionalmente e ocupa a cátedra Russel F. and Jean H. Fiddyment de Estudos Latinoamericanos na University of California-Davis, EUA, onde leciona literaturas brasileira e hispano-americana. No Brasil, é conhecido pelos livros A imitação dos sentidos (1995), Discurso, ciência e controvérsia em Euclides da Cunha (2008) – ambos dedicados aos estudos sobre os sertões – e Paraíso suspeito: a voragem amazônica (2017), nos quais Bernucci resgata as relações intertextuais entre Euclides da Cunha, Alberto Rangel e o famoso escritor colombiano José Eustasio Rivera.

O palestrante proporá uma pergunta à reflexão: como seria o Brasil sem Euclides hoje? A partir dessa questão destacará o fato de que Euclides da Cunha abriu o debate nacional para novas questões e falará sobre a necessidade de alunos e alunas de hoje conhecerem as ideias do autor de os sertões, sobre as diferentes interpretações da obra maior de Euclides, e também acerca de temas como a tensão entre teorias e fatos, relativismo, superstição, misticismo exacerbado versus ciência, ciência, imaginação, intuição e criatividade no pensamento do escritor.

Após sua palestra, o professor será entrevistado e, na sequência, o público também poderá conversar com o convidado e/ou lhe direcionar perguntas.

Os ciclos Humanitas objetivam difundir e realçar noções ético-humanísticas, em apoio ao amplo esclarecimento sociopolítico, imprescindível ao exercício democrático da cidadania.

O evento conta com o apoio das equipes de Produção e do Educativo do Museu da Justiça, além da coordenação dos poetas e críticos W. B. Lemos, doutor em Literatura Comparada pela UERJ e integrante do corpo de instrutores da Escola de Administração Judiciária (ESAJ) e Ricardo Vieira Lima, doutor em Literatura Brasileira pela UFRJ e editor-assistente da revista Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea (UFRJ). A mediação do evento será de W. B. Lemos.

27 de setembro, terça-feira, às 17h
O acesso à sala estará disponível a partir das 16h 55min, no dia do evento
Pedimos aos participantes que entrem na sala com os microfones e câmeras desligados
Clique neste link para acessar o evento
Informações: [email protected]
Participação franca
Classificação indicativa: a partir de 14 anos

Os Sertões (6ª edição)

Comemorando os 120 anos da  sua publicação, Ateliê Editorial lança a sexta edição de Os Sertões, de Euclides da Cunha, com aparato crítico do  Prof. Leopoldo Bernucci, reconhecidamente o melhor estudo dessa obra-prima. Edição com a ortografia atualizada, com revisão e acréscimos do Prof. Bernucci, contando, ainda, com as ilustrações do artista plástico Enio Squeff.

O projeto gráfico foi alterado, com aproveitamento dos espaços em branco, mantendo o formato, o tamanho da fonte e da entrelinha e, também, o texto integral. Apesar da redução do número de páginas, mantivemos o mesmo texto das edições anteriores, sem reduções ou cortes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *