Notícias

Maria Arminda do Nascimento Arruda comenta sobre a nova edição de ‘Mitologia da Mineiridade – O Imaginário Mineiro na Vida Política e Cultural do Brasil’

A autora Maria Arminda do Nascimento Arruda comenta sobre a nova edição do livro Mitologia da Mineiridade – O Imaginário Mineiro na Vida Política e Cultural do Brasil, publicada pela Ateliê Editorial. Assista abaixo:

Socióloga e vice-reitora da Universidade de São Paulo (USP), a autora revisou a obra e preparou um novo prefácio à segunda edição, trinta e quatro anos após a primeira publicação. A obra se divide em cinco partes: “As Fontes do Mito”, “A Construção Mítica”, “O Enleio do Imaginário”, “Imaginário e Sociedade” e “Cultura e Política”. O livro segue uma rica contribuição para o debate sobre nossa identidade nacional, nas palavras da autora: “As ações tecidas no passado reverberaram, pois, nos atos do presente, abrindo espaço para o nascimento da memória de Minas”.

Maria Arminda do Nascimento Arruda é professora titular de Sociologia e Vice-Reitora da Universidade de São Paulo. Leciona na graduação e na pós-graduação as disciplinas de Teoria Sociológica Clássica e Contemporânea, Sociologia da Cultura e Pensamento Social Brasileiro. Dentre suas obras destacam-se: Metrópole e Cultura: São Paulo no Meio Século XX; Mitologia da Mineiridade — O Imaginário Mineiro na Vida Política e Cultural do BrasilA Embalagem do Sistema — A Publicidade no Capitalismo Brasileiro e Florestan Fernandes, Mestre da Sociologia Moderna, em coautoria com a professora Sylvia G. Garcia. Organizou, também, a produção da obra de Florestan Fernandes, pela Editora Globo.

LANÇAMENTO
A socióloga e vice-reitora da Universidade de São Paulo (USP) Maria Arminda do Nascimento Arruda realiza o lançamento, com sessão de autógrafos, do livro Mitologia da Mineiridade – O Imaginário Mineiro na Vida Política e Cultural do Brasil, no dia 13 de abril, sábado, a partir das 17h00, na Livraria da Travessa do Shopping Villa Lobos, em São Paulo (Av. Dra. Ruth Cardoso, 4777 – Segundo Piso – Jardim Universidade Pinheiros).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *