Notícias

No catálogo da Ateliê Editorial: ‘William Morris – Sobre as Artes do Livro’

Sempre que se faz necessário apontar um marco inicial do movimento de private press, escolhe-se a publicação, em 1891, de The Story of the Glittering Plain, escrito por William Morris, primeiro título editado pela Kelmscott Press com o objetivo de recuperar a beleza do livro, perdida em meio às tiragens cada vez mais apressadas e descuidadas da imprensa regular. Todos os componentes de uma obra (a escolha do texto e da fonte tipográfica, a composição dos tipos, o papel, a tinta, a “decoração” e a encadernação) deveriam ser planejados e executados manualmente com o máximo de cuidado e excelência para, juntos, produzirem o “livro ideal”. Os mais de cinquenta livros que Morris editaria nos anos seguintes obedeceram, todos, à busca por esse padrão ideal de qualidade.

William Morris (1834 –1896) designer, poeta, romancista, tradutor, foi associado ao movimento artístico britânico Arts & Crafts. Foi um dos principais colaboradores para a revitalização das artes têxteis e métodos tradicionais de produção. As suas contribuições literárias ajudaram a estabelecer o gênero moderno da fantasia, tendo também um papel significativo na divulgação do movimento socialista na Grã-Bretanha. Em 1891 fundou a editora Kelmscott Press com o intuito de publicar livros inspirados pelas iluminuras, uma causa a que se dedicou até à morte. Morris é considerado uma das mais importantes personalidades da cultura britânica durante a era vitoriana. Embora enquanto vivo fosse conhecido sobretudo pela poesia, após a sua morte notabilizou-se pelo design.

Aproveite o desconto de 30% na compra de três ou mais livros do catálogo da editora. O desconto será aplicado diretamente no carrinho sobre o valor total do pedido. Válido para os livros do catálogo, exceto promoções, ofertas e outlet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *