Notícias

Organizada por Maria Eugenia Boaventura, ‘Elite nos Bastidores do Modernismo Paulista’ descreve a trajetória familiar, jornalística e política de Couto de Barros

A Ateliê Editorial, em coedição Editora Unicamp, realiza a publicação da obra Elite nos Bastidores do Modernismo Paulista, organizada por Maria Eugenia Boaventura. No livro, a autora descreve a trajetória familiar, jornalística e política de Couto de Barros explorando o rico material iconográfico e documental conservado no acervo da família e em diferentes instituições paulistas. A partir de uma pesquisa rigorosa, Boaventura reconstrói a vida de uma figura de notoriedade e relevância na vida cultural de São Paulo no século XX. O projeto gráfico e capa são da Casa Rex.

O Modernismo mudou a fisionomia da arte de São Paulo, visível até hoje. Movimento avassalador, impulsionado pelo boom do café e da industrialização, contribuiu para a fantástica expansão do Estado. Um dos nomes da elite paulista, participante ativo em todas as atividades culturais, políticas e econômicas, foi Antônio Carlos Couto de Barros (1896-1966), tratado por Couto de Barros, ou simplesmente Couto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *