Notícias

Pré-venda: ‘História do PCB’

Ateliê Editorial realiza a pré-venda do livro História do PCB, organizado por Lincoln Secco e Luiz Bernardo Pericás. A obra está com desconto especial – De: R$98,00; Por: R$47,00 – no site da Ateliê Editorial (Clique Aqui). A capa é de Gustavo Piqueira, da Casa Rex.

Segundo Antonio Carlos Mazzeo, Membro do Comitê Central do PCB: “‘História do PCB’ vem contribuir com o necessário debate dos Cem Anos de Movimento Comunista no Brasil, por meio de um competente panorama histórico e bibliográfico da fundação e da trajetória do PCB, fundado em 25 de março de 1922, na cidade de Niterói, Rio de Janeiro. Organizado por Lincoln Secco e Luiz Bernardo Pericás, o livro traz um balanço de fundo sobre os momentos mais importantes da participação dos comunistas na história brasileira”.  E conclui: “Sem dúvidas, a leitura trará mais clareza para a compreensão das vicissitudes e das conquistas da classe trabalhadora brasileira. ‘História do PCB’ avalia um processo do passado que repõe o futuro da luta de classes no Brasil”.

Lincoln Secco nasceu em São Paulo. Em 1987 ingressou na Universidade de São Paulo (USP), onde desde 2003 é professor livre docente de História Contemporânea. É autor dos livros Caio Prado Júnior: O Sentido da Revolução e A Revolução dos Cravos. Pela Ateliê Editorial publicou A Batalha dos Livros: Formação da Esquerda no Brasil e História do PT . 

Luiz Bernardo Pericás é formado em História pela George Washington University, doutor em História Econômica pela USP, pós-doutorado em Ciência Política pela FLACSO (México), onde foi professor convidado e pelo IEB/USP. Foi também Visiting Scholar na University of Texas at Austin e Visiting Fellow na Australian National University, em Camberra. É autor de vários livros, como Mystery Train (São Paulo, Brasiliense, 2007) e do romance Cansaço, a Longa Estação (São Paulo, Boitempo, 2012; adaptado para o teatro), entre outros. Recebeu a menção honrosa do Prêmio Casa de las Américas em 2012 por seu livro Os Cangaceiros: Ensaio de Interpretação Histórica (São Paulo, Boitempo, 2010; Havana, Editorial Ciencias Sociales, 2014). Ganhador do Prêmio Ezequiel Martínez Estrada, da Casa de las Américas (2014), pelo livro Che Guevara y el debate económico en Cuba (Nova Iorque, Atropos Press, 2009; Buenos Aires, Corregidor, 2011; Havana, Fondo Editorial Casa de las Américas, 2014; São Paulo, Boitempo, 2018). Organizou e prefaciou algumas coletâneas, entre as quais, Caminhos da Revolução Brasileira (São Paulo, Boitempo, 2019). Traduziu obras de Slavoj Zizek, James Petras, Christopher Hitchens, Jack London, John Reed, José Carlos Mariátegui e Julio Antonio Mella. Com seu livro Caio Prado Júnior: uma Biografia Política, ganhou o Prêmio Juca Pato – Intelectual do ano (2016), concedido pela União Brasileira de Escritores (UBE) e o Prêmio Jabuti – melhor biografia (2017), pela Câmara Brasileira do Livro (CBL). É professor de História Contemporânea na Universidade de São Paulo (USP).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *