Fora de estoque

Balada do Velho Marinheiro, A

R$ 76,00

Fora de estoque

Prêmio Jabuti de Tradução 2006

Coleridge foi um autor fundamental para a criação do imaginário romântico, além de ter sido um dos fundadores da crítica literária inglesa. Este volume reúne dois de seus poemas mais significativos: A Balada do Velho Marinheiro e Kubla Khan. Neste último, José Luis Borges vê o Ocidente passando a mirar o Oriente de uma perspectiva moderna. A edição contém uma apresentação do professor Alfredo Bosi, um ensaio sobre a primeira obra, feito pelo premiado tradutor, e um texto de Harold Bloom sobre a segunda.

Tradução e Notas: Alípio Correia de Franco Neto
Apresentação: Alfredo Bosi
Ilustrações: Gustave Doré

Descrição

Descrição

Apresentação –  Alfredo Bosi

Parte I

  • Sonho Mau da Vida-em-Morte
  • Sonho Mau da Vida-em-Morte Alípio Correia de Franca Neto
  • O Legado de Coleridge
  • Uma Leitura da “Balada” à Luz da Teoria Coleridgeana da Imaginação
  • O Declínio do Racionalismo Filosófico e Científico
  • A Poesia se Torna Ideal
  • A Ascensão da Imaginação
  • Aspectos da Filosofia Organicista
  • A Adesão de Coleridge ao Pensamento Organicista
  • A “Coalescência do Objeto com o Sujeito”
  • Conceitos de Imaginações e Fantasia em Coleridge
  • A “Balada do Velho Marinheiro” como Representação da Experiência do Revery dos Românticos
  • Coleridge em Português
  • Cronologia

Parte II

  • A Balada do Velho Marinheiro
  • A Balada do Velho Marinheiro”
  • Notas à “Balada do Velho Marinheiro”

Parte III

  • Kubla Khan
  • Uma Leitura de “Kubla Khan” — Haroldo Bloom
  • Prefácio de Colridge para “Kubla Khan”
  • Kubla Khan
  • Notas a “Kubla Khan”

Apêndice

  • “A Pessoa de Porlock”, de Jeremy Reed
  • “A Pessoa de Porlock”

Agradecimentos

Informação adicional

Informação adicional

Peso

0 , 915 kg

Dimensões

20 × 27 cm

Encadernao

ISBN

85-7480-273-5

Pginas

240

Edio

Ano

2005

Encardenao

Capa dura

Avaliações (0)

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Balada do Velho Marinheiro, A”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Autores

Autores

Alípio Correia de Franca Neto

Alípio Correia de Franca Neto

Alípio Correia de Franca Neto (1966) nasceu em São Paulo (SP). É poeta, escritor e tradutor.  No campo da literatura infantil, traduziu diversos livros para a Cosac Naify.  Traduziu também A Verdade da Poesia (Cosac Naify, 2007), de Michael Hamburger. Fez traduções de poemas de Phillip Larkin para revistas literárias. Traduziu Exilados (Iluminuras, 2003), única peça de James Joyce. No terreno poético, traduziu Música de Câmara (Iluminuras, 1998) e Poemas, um Tostão Cada (Iluminuras, Prêmio Jabuti 2002), ambos de James Joyce, e A Balada do Velho Marinheiro (Ateliê Editorial), de S. T. Coleridge, obra vencedora do Prêmio Jabuti de 2006.

Samuel Taylor Coleridge

Samuel Taylor Coleridge

Samuel Taylor Coleridge (1772-1834) é um dos expoentes da primeira geração romântica na Inglaterra, além de teórico do movimento. Escreveu as Baladas Líricas em parceria com William Wordsworth, entre outros. [Retrato de Peter Vandkye - National Portrait Gallery, 1795]

Carrinho
Entrar

Não tem uma conta?